quinta-feira, 1 de junho de 2006

Festas dos Santos populares


13 é dia de Santo António, 24 de São João e 29 de São Pedro, três grandes pretextos para sair à rua e saber como se festejam os santos de Junho em Portugal.
São noites de grande alegria. Decoram-se as ruas com balões e arcos de papel às cores, há bailaricos nos pequenos largos e altares para os santos a pedir sorte.
Em Lisboa, celebra-se o Santo António casamenteiro de 12 para 13 de Junho. «Santo António, Santo Antoninho, Arranja-me lá um maridinho...» é um dos mais antigos pregões populares. Na Avenida da Liberdade há Marchas, um desfile dos bairros da cidade. Centenas de figurantes e muito público a aplaudir o favorito é um espectáculo a não perder. Se gostar de alguém, declare-se no calor da festa e ofereça um manjerico com uma quadra de amor.
O São João no Porto, de 23 para 24, é um momento de grande folia conhecido por todos. É para ser vivido na rua e São João permite todos os excessos. Leva-se na mão um alho-porro e dá-se com ele na cabeça do vizinho em tom de brincadeira. Para além dos bailaricos, o fogo-de-artifício no Rio Douro é o ponto alto da noite. No meio de tanta agitação, quando tiver fome, escolha a ementa da festa: Caldo Verde, Sardinha Assada, pão e vinho tinto.

2 comentários:

JG disse...

Afinal quantas Losofolias existem (só conhecia a do Toix) e quem é que anda a plagiar quem? Eu não.

Aliás, basta uma simples observação da fotografia (roupa nos estendais, p.e.) para ver que não é a mesma. Confesso que entendi nada.

Cumprimentos

Lusofilia - Lusofolia - Lusomania disse...

Pois não sabemos quantas Lusofolias existem, tomara que muitas e que não tenham dono. Quanto ao parecido da foto, neste blogue ficamos contentes de ter o mesmo gosto que outras pessoas e desde já tudo o que está nele é para ser usado em prol da Lusofolia por quem quiser. Não acusamos ninguem, mas nós sim fomos acusados.