segunda-feira, 18 de dezembro de 2006

Eduardo Gageiro, fotógrafo da Revolução


Eduardo Antunes Gageiro assume-se como um fotógrafo que sempre procurou a diferença e a ruptura com o socialmente instituído. Natural de Sacavém, nascido em 1935, Eduardo Gageiro publicou a sua primeira fotografia aos 12 anos, em 1947, no “Diário de Notícias”, e, passados dez anos, iniciou-se na profissão de repórter fotográfico, no “Diário Ilustrado”. Gageiro trabalhou nas publicações “O Século Ilustrado”, “Eva”, “Almanaque” e “Match Magazine”, foi editor da revista “Sábado” e colaborou com a delegação portuguesa da Associated Press, a Companhia Nacional de Bailado e a Presidência da República. Galardoado com diversos prémios, um pouco por todo o mundo, Eduardo Gageiro ficará para a história como quem captou as imagens mais marcantes da Revolução dos Cravos. Note-se a foto em anexo, na qual Salgueiro Maia, como mais tarde confessou ao jornalista e escritor Fernando Assis Pacheco, morde o lábio para não chorar… esta foto marcou o século XX português graças à lente pertinente e oportuna de Gageiro.

1 comentário:

Ernesto disse...

Hola. Escribo desde Barcelona. Me podría indicar a quién debo contactar para solicitar una autorización para publicar fotos de Eduardo Gageiro.
Un cordial saludo y gracias,
Ernesto Soto
ernesto.sotocanny@gmail.com