quinta-feira, 26 de outubro de 2006

Lost in Translation

Do blogue de Wellinton, um brasileiro que mora em Lisboa

Ontem, à conversa com uma amiga de um amigo, acabada de chegar do Brasil, me apercebo da importância da palavra «giro» no meu vocábulário. O mais engraçado é que sempre sobrevivi sem ela e agora entro em pânico quando tento fazer uma tradução às pressas para português brasileiro. Não é «legal» nem «bonito» ou «interessante». É tudo isso e mais alguma coisa. Acho que tem praí uns duzentos significados. Eu posso tanto dizer que uma garota é «gira» querendo dizer «bonita» como dizer que Lisboa é «gira» querendo dizer «legal» ou «interessante». Entendeu meu drama?

Do blogue de Hugo, um português que mora em São Paulo

Rodízio
Os brasileiros chamam rodízio a tudo. Há o rodízio de carnes e todos os dias há rodízio de matrículas. Engana-se o caro leitor se pensa que é mais uma iguaria. Rodízio de matrículas é uma medida do governo. Uma vez que há muitos carros em São Paulo, todos os dias da semana há veículos que não podem circular. Hoje, por exemplo, os que têm a matrícula terminada em 5 e 6 ficam em casa ou arriscam-se a levar multa. Espero que esta medida nunca venha a ser implantada em Portugal, daria um grande trabalho ter que trocar a minha matrícula por uma falsa, pelo menos uma vez por semana.

3 comentários:

wellington disse...

Uau! Isso é como ganhar um oscar! Obrigado pela menção. Também ja visitava o blogue antes agora também vai para os meus favoritos. Só uma coisa, corrijam lá o meu nome porque aquele «G» ali no final ficou uma coisa esquisitíssima. Abraços

W-E-L-L-I-N-G-T-O-N

Lusofilia - Lusofolia - Lusomania disse...

Valeu, Wellington, corrigido.

marialaportuguesa disse...

E bacana, como se traduziria ao português de Portugal?