terça-feira, 25 de abril de 2006

Comemorações do 32.º Aniversário do 25 de Abril

BEJA

Concertos de Vitorino, The Gift e Expensive Soul vão dar som às comemorações dos 32 anos do 25 de Abril no Baixo Alentejo, que incluem também várias provas desportivas como uma caminhada pela liberdade em Beja.

O Cine Teatro Pax Julia será palco do "pontapé de saída" das celebrações da Revolução dos Cravos na cidade de Beja, com um concerto de Vitorino, marcada para as 21:30 de segunda-feira. Neste espectáculo, o "cantor da alma alentejana" apresenta "Tudo", o último trabalho que reúne uma "boa parte de tudo" sobre Vitorino em três discos, que contam a sua longa história dividida em três principais momentos: O Alentejo, Lisboa e O Amor.

Na manhã de 25 de Abril, a Câmara Municipal de Beja convida a população a "Correr e Caminhar pela Liberdade", a partir das 10:00, numa marcha desportiva que ligará o Parque de Feiras e Exposições ao novo Parque da Cidade. A vila de Odemira, no distrito de Beja, celebra os 32 anos de liberdade com três concertos de acesso livre no Largo Brito Pais nas duas "noites fortes" de Abril. Os Expensive Soul ao lado da Jaguar Band prometem aquecer, a partir das 22:00, a noite de 24 de Abril, num concerto com o melhor do rap e hip hop nacional. Seguem-se, as 00:30, os The Gift, uma das melhores bandas pop da actualidade galardoada com o prémio da MTV "Best Portuguese Act 2005", que irão apresentar o novo álbum " AM-FM".

A noite de 25 será dedicada às músicas associadas ao 25 de Abril e à Resistência, num espectáculo com dois pianistas incontornáveis no panorama nacional, Mário Laginha e Bernardo Sasseti. O concelho de Aljustrel, também no distrito de Beja, comemora Abril com a inauguração, domingo, às 21:00, na Biblioteca Municipal, da uma exposição "Desenhos de Álvaro Cunhal".A mostra, patente até 11 de Maio, revela cerca de 25 desenhos sem título sobre o povo, o trabalho, o sofrimento, a luta, a miséria, mas também a alegria, que o autor de "Até amanhã Camaradas" desenhou a lápis em papel, entre 1951 e 1959, enquanto preso político na penitenciária de Lisboa. Depois de também realizar uma caminhada pela liberdade no domingo, Aljustrel volta à estrada na terça- feira para o 17/0 Raid Cicloturista. Muita música e caminhadas pela liberdade e outras provas desportivas e recreativas prometem também celebrar a Revolução dos Cravos nos concelhos de Almodôvar, Mértola e Moura.

LAGOS

Começa, no próximo dia 22, o programa de animação preparado pela autarquia lacobrigense para as Comemorações do XXXII Aniversário do 25 de Abril, que irão decorrer até ao dia 26 de Abril.


Para assinalar o mais importante marco histórico da conquista da liberdade e da democracia em Portugal, a Comissão Municipal responsável pela organização deste evento, preparou diversas actividades, que passam desde a música, desporto, conferências até às cerimónias protocolares, destacando-se a Inauguração do Edifício Multifunções no Chinicato, no dia 23. No mesmo dia e, na área do desporto, há a destacar a Inauguração do Polidesportivo do Chinicato.


O grande momento de animação musical do programa do 25 de Abril está confiado ao conhecido cantor Janita Salomé, que irá dar um espectáculo, no dia 24, pelas 22:00 horas, junto ao Parque de Estacionamento junto ao Tribunal, ao que se seguirá um Espectáculo de Fogo de Artifício, na Avenida dos Descobrimentos.


O Dia 25 será assinalado pelas habituais cerimónias protocolares, incluindo um Almoço Comemorativo, no restaurante Adega da Marina (para o qual os interessados podem inscrever-se no Gabinete do Munícipe ou Juntas de Freguesia do Concelho) e a Sessão Solene, durante a qual serão assinados os Contratos Programa de Atribuição de Subsídios às Associações e Colectividades do Concelho de Lagos. Para a noite está programado um Recital de Canto e Piano com Ângela Silva e Kumi Nakatsugawa, a decorrer no Auditório do Centro Cultural de Lagos, pelas 21h30.

Fuente: Câmara Municipal

ÉVORA

Concerto com Sérgio Godinho.


Data / Horário: 2006-04-24 22:00 até 2006-04-25 00:00
Local: Évora - Praça do Giraldo
Organização: Câmara Municipal de Évora


Que bom
é apagar à noite
a lâmpadavai-se a luz
truz truzquem vem lá?
Do escuro sonho bom
concerteza aparecerá
Que bom
de manhã ligar a lâmpada
pela frincha da janela
já se viaque ia ser um belo dia
olá olá

4 comentários:

Marco Neves disse...

25 de Abril - definição esquizofrénica

O dia em que Portugal se libertou da ditadura, pôde respirar em liberdade e começou a libertar-se da eterna pobreza. A revolução que nos libertou duma ideologia paternalista de pais-nossos e fadinhos. Uma explosão de alegria no cinzento da História.

ou

O dia em que Portugal interrompeu uma década de crescimento económico e se lançou no turbilhão duma revolução que destruiu a economia nacional. A época que nos deixou reféns duma cultura de esquerda. Uma bebedeira de loucos que minou o país.

SG disse...

Só quem desconhece a realidade vivida em Portugal antes do 25 de Abril pode dizer tamanho disparate. Uma fatia dessa realidade mostra-nos dois milhões de analfabetos, contra 950 mil em 2004. Uma outra mostra-nos que um professor ganhava por mês 750 escudos e uma professora 500 escudos. Outra ainda patenteia a subjugação das mulheres que para viajarem sozinhas tinham de pedir autorização aos maridos, vendo-se obrigadas a fazer o mesmo para movimentarem as suas contas bancárias que obrigatoriamente eram conjuntas. E, isto para não falar da miséria material e intelectual que graçava no país. Pois com este breve quadro, antes ser "refém duma cultura de esquerda e de uma bebedeira", não de loucos, mas de homens e mulheres que lutaram pela liberdade e pela dignidade do povo português, mesmo daqueles que, provavelmente, não o mereciam de todo... como os que pensam que a 25 de Abril de 1974, "Portugal interrompeu uma década de crescimento económico e se lançou no turbilhão duma revolução que destruiu a economia nacional". Que ironia... qual economia? Qual crescimento?

Anónimo disse...

Your website has a useful information for beginners like me.
»

Anónimo disse...

I find some information here.